As janelas são fundamentais em qualquer espaço construído e estão presentes em grande parte das aberturas de uma edificação. Sejam as janelas de correr, de abrir e de teto, todas elas tem caracterí­sticas especí­ficas, que devem ser levadas em conta na hora de escolher o modelo para a obra.

Para você não se confundir com a variedade de esquadrias presente no mercado, neste post, mostraremos as principais vantagens de cada modelo e daremos dicas para você escolher o que melhor atenda às necessidades do ambiente. Acompanhe e saiba mais!

 

Qual é o melhor tipo de janela?

Com tamanhos, formatos e sistemas de fechamento especí­ficos, as janelas de todos os tipos podem oferecer vantagens. Para encontrar um modelo que atenda ás suas necessidades com eficiência, você precisa entender um pouco de cada uma das opções. Confira ás caracterí­sticas dos modelos mais básicos:

 

Janelas de correr

Nesse modelo, as folhas correm ou deslizam lateralmente sobre um trilho presente na base e no topo da esquadria. As janelas de correr são encontradas em diferentes tamanhos e com quantidades variadas de folhas, que podem ser dobráveis ou não.

O material mais usado nas folhas da janela de correr é o vidro temperado ou laminado. Já os elementos e peças da esquadria costumam ser fabricados em madeira, alumí­nio ou PVC.

      Vantagens

  • abertura regulada: as folhas não abrem ou fecham com a ação do vento;
  • facilidade de manuseio: abertura e fechamento simples;
  • compacta: com deslizamento lateral, as folhas não ocupam espaço dos ambientes internos ou externos quando estão abertas;
  • baixa manutenção.

 

Janelas de abrir

Assim como muitas das portas comuns, as janelas de abrir são aquelas em que as folhas giram sobre um eixo vertical para fazer a abertura. Esse modelo pode conter uma ou mais folhas e abrir para o lado de dentro ou de fora da construção.

A fixação das folhas é feita por meio de dobradiças ou pivôs, que tornam o modelo um pouco mais caro do que as janelas de correr.

       Vantagens

  • facilidade de limpeza: acesso fácil aos dois lados da folha;
  • abertura completa do vão da janela: maior ventilação;
  • boa estanqueidade do ar e da água.

 

Janelas de teto

Esse modelo é bastante valorizado em projetos que visam maior proveito da luz e da ventilação natural. Como o próprio nome indica, é uma janela que fica posicionada no teto de uma construção e que, portanto, está restrita a ambientes especí­ficos.

As janelas de teto podem ser encontradas em diferentes tamanhos e possuem sistemas de abertura do tipo basculante ou pivotantes . A utilização desse tipo de abertura é bem comum nos sótãos e áticos das residências.

      Vantagens

  • melhor proveito das áreas abaixo do telhado;
  • economia de espaço: a janela aberta não ocupa área do ambiente interno;
  • design diferenciado: a janela no teto gera um visual único e ousado.

 

Devo escolher janelas de correr, de abrir ou de teto?

Qualquer janela é capaz de deixar á casa mais fresca e iluminada, mas é preciso prestar atenção em alguns detalhes antes de fazer a escolha do modelo.  Veja dicas que podem te ajudar nessa decisão:

  • se não abre mão do estilo tradicional e do conforto, opte pelas janelas de abrir. Além do design clássico, esse modelo possui abertura que permite total proveito do vão para o recebimento da luz e da ventilação natural;
  • se tem espaço de sobra no telhado do segundo piso ou até mesmo em uma área com pé-direito duplo , aposte nas janelas de teto. O modelo traz sofisticação e ainda garante maior conforto térmico e lumí­nico .
  • se quer modernizar a casa sem deixar de lado a praticidade, fique com as janelas de correr. O modelo alia manuseio e design simples que tornam o conjunto mais bonito e, ao mesmo tempo, versátil.

 

JANELA IDEAL PARA CADA AMBIENTE:

Saiba Como escolher!

Pode até parecer uma escolha simples, mas antes decidir qual janela usar na sua casa, é necessário avaliar algumas questões além da estética. Vale destacar que não só a beleza deve influenciar a sua decisão, mas também a incidência de luz e a ventilação no ambiente. As janelas, afinal, são – antes de mais nada – peças funcionais.

A história de que todos os cômodos da residência devem ter janelas no mesmo padrão não passa de mito! Na verdade, o mais indicado é escolher uma janela adequada para cada espaço. Quer saber qual é o tipo de janela ideal para cada ambiente do seu lar doce lar?

Home Theater

Como o ambiente do Home Theater demanda pouca luz, o mais recomendado é que seja usada apenas uma janela pequena, que bloqueie a entrada de iluminação. Esta estratégia aumenta a visibilidade da tela e torna o ambiente mais aconchegante e adequado para a sua finalidade.

Sala de Jantar

Em espaços de convivência da casa como a sala de jantar, a melhor alternativa é apostar em um ambiente iluminado e arejado. Por isso, é importante escolher uma janela maior, de madeira, blindex ou alumínio. Neste caso, o material não importa tanto – o que faz toda diferença é a dimensão da janela.

Quartos

Os quartos são usados não só para descanso, mas muitas vezes também para estudo. Os donos destes espaços frequentam bastante o cômodo, independentemente de ser dia ou noite. Diante disso, é importante controlar a luminosidade do ambiente, e uma persiana interna é uma excelente pedida. É possível encontrar persianas dos mais variados materiais: madeira, tecido e PVC, dentre outras, são algumas das alternativas.

Outra ótima aposta para os quartos são as  venezianas, tipos de janela muito usados em dormitórios. Com elas, a ventilação é abundante e constante por conta das frestas. Outro ponto forte deste tipo de janela é o seu  manuseio  simples, além da estética bastante interessante.

Banheiros

As janelas dos banheiros devem ser bem discretas. De acordo com arquitetos, a opção mais indicada para estes ambientes é apostar em janelas pequenas, instaladas em lugares altos e de preferência com vidros foscos. Ainda segundo especialistas na área de construção e decoração, é bacana optar por janelas cuja parte superior desliza para baixo enquanto a parte inferior projeta-se para fora. Essa mobilidade de abertura facilita a limpeza!

Cozinhas e corredores

Nestes ambientes, opte por  janelas de correr. E se configuram como alternativas perfeitas para quem busca boa iluminação, já que se pode abrir até 50% do vão. As janelas de correr tendem a ser resistentes e adaptáveis a vários locais. Como se não bastasse, a limpeza e manutenção é bem fácil!

Atente-se aos materiais

No Brasil, as janelas são comumente de alumínio, madeira ou PVC. O ferro era muito usado em edificações antigas mas, além de ser muito caro, ele deteriora mais facilmente. As janelas de madeira e PVC oferecem melhor vedação térmica e acústica do que as janelas de metal. Vale ressaltar, no entanto, que as de madeira demandam maior cuidado na manutenção. O metal e alumínio são materiais que não vedam tanto mas, em contrapartida, são mais baratos e exigem menos cuidados.

Fique de olho nas medidas

Não existe uma regra definida, mas as medidas mais comuns de janelas indicadas para cada ambiente são as seguintes:

– Banheiros: 0,60 x 0,60.;

 – Quartos e salas: 1,40 x 1,20m á 2,00 x 1,20m;

– Cozinhas: 1,20 x 1,00 m á 1,40 x 1,20.

 

E aí, já escolheu que janela usar? Nosso artigo vai te ajudar na decisão? Compartilhe suas opiniões conosco através dos comentários!

 

compartilhar:

Deixe uma resposta